loading

Informações
Localização
Redes Sociais

A história de um cartão artesanal

O entrelaçamento de duas histórias que resultaram em um projeto de muita personalidade.

Um car­tão de visi­ta repre­sen­ta mui­to mais do que uma apre­sen­ta­ção de uma empre­sa ou de uma pes­soa, com ende­re­ço, site, redes soci­ais, loca­li­za­ção. Repre­sen­ta a sua his­tó­ria, sua pre­mis­sa e traz con­si­go o refe­ren­ci­al do que é a sua iden­ti­da­de, do que se quer apre­sen­tar como ima­gem, valo­res agre­ga­dos à sua mar­ca, não somen­te no sen­ti­do comer­ci­al, mas prin­ci­pal­men­te no que se refe­re à sua essên­cia. Nes­se sen­ti­do, esse dife­ren­ci­al pode ser alcan­ça­do com um car­tão de visi­ta pro­du­zi­do com per­so­na­li­da­de e de modo exclu­si­vo, uti­li­zan­do uma téc­ni­ca que por si só já agre­ga a cada peça um toque artís­ti­co, arte­sa­nal em que cada tra­ba­lho é impres­so um a um, de modo espe­ci­al, úni­co.

“Para imprimir a minha marca, procurava um parceiro que tivesse o meu astral, que abraçasse o projeto”

Foi assim que fize­mos o car­tão de visi­ta de Ila Rose­te, pro­fes­so­ra, arqui­te­ta e pes­qui­sa­do­ra, que em seus pro­je­tos tam­bém pri­ma pela per­so­na­li­za­ção e tra­ba­lha lado a lado com os seus cli­en­tes para enten­der a sua his­tó­ria, os seus gos­tos, a fim de conhe­cer a sua per­so­na­li­da­de. Nos­sas his­tó­ri­as se entre­la­ça­ram nes­se con­tex­to, que ela mes­ma resu­me na seguin­te fra­se: “Para impri­mir a minha mar­ca, pro­cu­ra­va um par­cei­ro que tives­se o meu astral, que abra­ças­se o pro­je­to, que se dedi­cas­se pas­so a pas­so, mer­gu­lhan­do na minha his­tó­ria. Ali encon­trei essa alma.” Como Ila Rose­te, você tam­bém pode­rá, na Let­ter­press Bra­sil, impri­mir a sua his­tó­ria em um car­tão de visi­ta ou em outro pro­je­to per­so­na­li­za­do, acom­pa­nhan­do todo o pro­ces­so e tam­bém a sua pro­du­ção. Quer conhe­cer um pou­co mais sobre tudo isso? Te con­vi­da­mos para ler a maté­ria “A his­tó­ria de um car­tão arte­sa­nal” publi­ca­da em: www.ilarosete.com.br

foto: Mar­cos Mel­lo



Como podemos te ajudar?